Sangria Caseira de Vinho Tinto

Sabiam que segundo uma decisão do parlamento Europeu, a sangria só ser assim designada se for produzida em Portugal ou na Espanha. No resto do mundo a sangria deve ser denominada de: bebida aromatizada à base de vinho.

O nome de sangria vem de “sangre”, que significa sangue em espanhol, devido à cor vermelha do vinho tinto. Segundo dizem a origem da sangria começou na Andaluzia, que era uma forma de beber vinho sem gastar muito, adicionando-lhe outros ingredientes. Essa bebida, a sangria foi se espalhando por toda a Península Ibérica e hoje é uma bebida mundialmente conhecida.

Sangria Caseira de Vinho Tinto

Ingredientes (para 1 litro)

  • 750 ml de vinho tinto
  • 200 ml de gasosa sprite
  • 100 gr de açúcar (preferência amarelo)
  • 1 pau de canela
  • 1 lima
  • 1 laranja
  • ½ pêssego careca
  • 175 gr mix de frutas (maçã,uva,ananás)

Modo de Preparação

  1. Num jarro que tenha capacidade para 1,5 litro (necessita por causa das frutas), coloque as frutas cortadas em pedaços. Corte ½ laranja e a lima também em pedaços, junte com as  restantes frutas.
  2. Adicione o açúcar, o sumo da ½ laranja que reservou, adicione o vinha na jarra e mexa tudo até que o açúcar fique bem dissolvido.
  3. Coloque o pau de canela e leve no mínimo por uma hora, que o vinho ganhe o sabor das frutas e adocicar.
  4. Na altura em que for servir a sangria, junte a gasosa e misture. Adicione gelo na sangria e sirva. Deve ser servida bem fresca.

Nota: A gasosa não deve ser colocada na mesma altura que o vinho, para que a sangria esteja gaseificada na altura de servir. Se colocar na mesma altura do vinho, perde o efeito desejável. Eu usei lima-limão do lidl.

O Pecado da Gula :Eu sou a Rosa, sou uma apaixonada pela culinária, sou capaz de passar horas na cozinha, a cozinhar para família e amigos ou a testar novas receitas. ​